Em defesa do Parque Natural Sintra-Cascais

quarta-feira, setembro 7


Condomínio da Quinta de S.ta Rita
No seguimento deste vale magnífico, entre a Serra de Sintra e o mar, existe a Quinta de Santa Rita, uma extensa propriedade de cerca de dois hectares (Séc. XVIII).
O local terá sido uma fortaleza no Séc. XIV, convertida em convento pelo ano de 1779. Refere Pina Manique em Cascais e seus Lugares: “salienta-se com a sua cruz erguida a porta do casal de Santa Maria, convento de Lisboa”.
É neste local histórico está em vias de ser aprovado um condomínio fechado com três edifícios multifamiliares com uma área total de construção de 963,14m2 (a área actual do edifício da quinta será de 184m2) e um total de 56 assoalhadas.

Normas legais aplicáveis: A construção está na totalidade em área sujeita à servidão de domínio hidrico (leito de cheia).

Impacte ambiental: Ocupação do vale e destruição da vegetação natural. Perda do património histórico e cultural. Alastramento do perímetro urbano. Empobrecimento das características locais - um condomínio numa aldeia em pleno Parque Natural.

Obs.: Está em curso uma petição Associação de Moradores de Almoinhas Velhas com o apoio do Grupo Ecológico de Cascais para evitar o licenciamento pela Câmara Municipal de Cascais do projecto.